Friday, August 5, 2011

Poema sem encomenda

Ela me pediu um poema
Como se um poema fosse algo assim
Que se pede.
Um poema se dá
E se esconde
Nas entrelinhas que oferece.
Dá-se um poema
Como uma ninhada de cães ou de gatos
Que se abandona
Sem criar laços.

Doa a quem doer.

1 comment:

  1. Qual a graça que existe num poema de encomenda?

    bjs

    ReplyDelete